Seja bem-vindo ao blog do Izolete! Ele é essencialmente educativo, foi construído com o objetivo de divulgar as atividades realizadas em nossa escola.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Profissionais da escola participaram do I Fórum de Leitura na FURB

A coordenadora Célia e as professoras Fernanda e Regina participaram do I Fórum de Leitura, nos dias 30 e 31 de Maio.

O objetivo do evento foi apresentar aos participantes a importância da compreensão do que é alfabetizar. Os palestrantes foram: Dra. Leonor Scliar-Cabral – Projeto Ler e Ser e Consciência Fonológica e conceitos básicos e Dr. Isaac Ferreira – Gramática aplicada à leitura e redação. O evento ofereceu também oficinas para construção de jogos de gramática.

Números do analfabetismo no Brasil- Segundo indicadores do INAF - Indicador de Analfabetismo Funcional, na faixa etária dos brasileiros de 15 a 64 anos é de 7% de analfabetos absolutos; 25% no nível rudimentar e 40% no nível básico. Apenas 28% conseguem o nível pleno de letramento. Em Santa Catarina os índices de analfabetismo funcional ultrapassam os 15% na população com mais de 15 anos.

Analfabetismo funcional- Segundo a coordenadora do Projeto Ler e Ser e do Fórum de Leitura, professora do Departamento de Educação da FURB, Otília Heining, “O analfabetismo funcional chega a ser mais preocupante que o analfabetismo. No analfabetismo funcional o cidadão, embora seja capaz de realizar a leitura e escrever, não consegue compreender aquilo que leu. Não consegue assimilar e elaborar novos pensamentos e conhecimentos derivados das leituras feitas. E essa deficiência acaba afetando o pensamento lógico-matemático e faz com que a pessoa, inserida em um mundo de constantes evoluções tecnológicas, não consiga manter uma formação continuada, imprescindível no mundo do trabalho, e mais: ele se sente um estrangeiro dentro de seu próprio país.”

Projeto Ler e Ser- Tem como principal objetivo reduzir o analfabetismo funcional, deve see executado ao longo de dez anos e será dividido em quatro etapas, que são: elaboração de materiais de apoio, capacitação de multiplicadores, capacitação dos professores pelos multiplicadores e atendimento direto dos professores em suas respectivas cidades de atuação. Serão formados 500 multiplicadores, destes, 40 vagas são para Blumenau, em um curso de especialização à distância aprovado pela Universidade Federal de Santa Catarina. Após formados estes multiplicadores irão atuar nas suas respectivas cidades e irão capacitar 2.586 professores que, por seguinte e com os materiais didáticos desenvolvidos, irão atender a uma população de 131.458 crianças e jovens, em Santa Catarina e no Paraná.

fonte: http://www.furb.br/

3 comentários:

Bruna e Gabriele disse...

Que lindo

Eduardo e Alex disse...

achamos legal e interessante

fabricia e ana paula disse...

A professora REGINA está da hora ali!E o professor PAULO tambem